Só mais um site WordPress.com

>A civilização Chinesa

>

A civilização chinesa

˜ A História:
A China é a mais antiga civilização contínua do mundo. Durante mais de 2000 anos, de 221 a.C. a 1911 d.C., esteve unida num vasto império, sob a administração de uma série de governos poderosos. Durante este período, alteraram-se fronteiras, transferiram-se capitais e o país foi invadido por tribos temíveis, incluindo os Mongóis.
No entanto, durante grande parte da sua história, a China liderou o mundo na arte e na tecnologia, com invenções que incluem o papel, a porcelana e a pólvora. Apesar da sua extensão, um sistema de governo único e um forte sentimento de identidade nacional ajudaram a manter a China unida.

De acordo com a tradição, o povo chinês originou-se no vale do Huang He ou rio Amarelo. A primeira dinastia chinesa conhecida, a Shang, governou desde 1500 a.C. a 1027 a.C. Acreditava-se que os governantes Shang eram semidivinos, sendo denominados “Os Filhos do Céu”. O seu dever era manter as boas relações entre a Terra e a realeza celestial.
Por volta de 400 a.C., o governo central caiu e muitos dos reinos mais pequenos começaram a lutar entre si.

Em 221 a.C., o estado dos Qin emergiu vitorioso, unificando todos os reinos rivais, sob o domínio do Primeiro Imperador Qin Soberano, ou Qin Shi Huangdi (258-210 a.C.) O Primeiro imperador tratava os seus súbditos severamente. A Grande Muralha foi construída nesta altura como defesa contra as tribos hostis da Ásia, recorrendo ao trabalho de escravos. O nome China deriva de Qin.
O túmulo deste Imperador foi guardado por milhares de guerreiros de terracota em tamanho natural, com cavalos e quadrigas, cuja função era protegê-lo na vida depois da morte. Este exército de terracota foi descoberto em 1974 por uns homens que escavavam um poço, junto à actual cidade de Xian.

Foram várias as dinastias que se seguiram. Umas governaram em períodos de paz e prosperidade, outras nem por isso. Durante os últimos 250 anos do império chinês, o trono foi ocupado pelos Manchus, um povo que não era chinês, e em 1911, os chineses destronaram os frágeis Manchus e estabeleceram uma república.

˜ A Língua e a Escrita:
O chinês é uma língua falada por mais de 1 bilhão de pessoas. O chinês possui dialectos classificados em sete grandes grupos. A maioria dos chineses fala o mesmo dialecto, chamado pelos ocidentais de mandarim.
A escrita pertence ao período antigo e guarda tipos que atribuem caracteres distintos à cada palavra. Para ler um jornal é necessário conhecer de 2 a 3 mil caracteres. Um dicionário contém mais de 40 mil caracteres. Ao contrário da maioria dos idiomas escritos, o chinês é constituído por ideogramas e não é uma língua fonética.

˜ A Culinária:
A culinária chinesa é reconhecida em todo mundo, por ser muito diferente e por ter pratos muitos originais e de um certo modo “estranhos”!!!
O arroz é o prato mais simbólico da China, o país é muito grande e existem muitas áreas de cultivo mas, como a maioria delas estão alagadas, um dos únicos alimentos que se pode plantar é o arroz.

˜ A Música:
A música chinesa tem seis mil anos de história e é de origem popular (canções de amor e trabalho). Misturando o canto e a dança, utilizava inúmeros instrumentos, classificados conforme os materiais utilizados para serem feitos (metal, madeira, pedra, seda, bambu, barro, couro, algodão, barbante, etc.).

Trabalho realizado por : Luana De Brito
Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s